Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O presidente de Uganda, Yoweri Museveni, assinou nesta segunda-feira uma lei que pune com prisão perpétua actos homossexuais e penaliza em até 14 anos a “promoção e o reconhecimento” de tais actos.

 

Manifestantes protestam contra nova lei

 

  O projecto da lei assinada hoje foi apresentado em 2009 com penas tão severas como a condenação à morte pela comissão de atos de "homossexualidade com agravantes". A revisão do texto substituiu a pena de morte por prisão perpétua.

  A homossexualidade é ilegal em 38 de 54 países africanos, mas a oposição ocidental a tais leis é frequentemente interpretada como uma “tentativa de imperialismo social” aos olhos de Museveni. Na semana passada, o presidente ugandense assinou outra lei contra a pornografia que, entre outros comportamentos "insidiosos".

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2014
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ